Sarna sarcóptica -o que é?

A Sarna sarcóptica, vulgarmente conhecida como sarna canina é uma doença de pele em cães, causada pelo parasita de Sarcoptes Scabiei.

Este parasita pode também invadir outros hospedeiros, incluindo o homem.

O ácaro parasita apresenta um comportamento diferente para cada caso, penetrando na pele do animal e causando vários problemas, tais como excesso de coceira e inflamação.

Este pequeno vídeo demonstra as várias fases de desenvolvimento da doença.

 

Quais os sintomas de Sarna canina?

O ácaro induz a sensação de coceira na pele do cão, resultando em pele seca, escamosa e irregular. A infecção geralmente ocorre dentro e ao redor das orelhas, cabeça, face, membros e abdómen. Nós com pequenos pontos vermelhos são visíveis nos cotovelos, orelhas e tronco do cão. Devido ao coçar excessivo, pústulas e crostas amarelas vermelhas desenvolvem-se por todo o corpo. Isto conduz a várias feridas e inflamação e também perda excessiva de pêlo.

Como diagnosticar?

A pele de um cão é a primeira a responder a qualquer tipo de alergia ou doença e por essa razão, muitos cães podem apresentar sintomas semelhantes aos de Sarna canina sem padecerem da mesma.

Assim, a raspagem de pele é o método mais comum para o diagnóstico. Contudo, dado o pequeno tamanho do ácaro, a amostra de pele pode apresentar resultados inconclusivos sendo que, um teste negativo, não exclui assim necessariamente a possibilidade de sarna sarcóptica.  O diagnóstico é por isso também baseado na história clínica do cão e da sua resposta ao tratamento da sarna.

Tratamento

A Sarna sarcóptica deve ser tratada sob a supervisão de um veterinário qualificado e o dono não deve tentar tratar o cão por conta própria.

Um método comum, consiste em  banhar o cão com shampoo de peróxido de benzoílo e, em seguida, a aplicação de um mergulho em organofosforados. Visto que estes ácaros tendem a prosperar perto  dos ouvidos e olhos, estas áreas devem sempre ser incluídas na lavagem efectuada durante o tratamento.

Amitraz, Mitaban, e cal de enxofre (Lymdip) são os depressores que podem ser usados para o tratamento desta doença. Embora estes depressores sejam eficazes, são substâncias tóxicas, pelo que deverá ter-se cuidado redobrado no seu manuseamento.

Outro método utilizado consiste na aplicação tópica de Selamectina, a qual também previne infecções por nematódeos gastrintestinais eDirofilaria immitis, pulgas, piolhos e carrapatos.

Sarna sarcóptica pode ser traumática para o cão, bem como para o proprietário. Embora seja curável, o tratamento é uma provação para o seu cão. Por isso, a prevenção através da manutenção de uma higiene cuidada e desparasitações regulares é a melhor solução.

 

Fontes de informação: Vet. Instituto LISA – Liga de Saúde Animal; encontrospet.com.br

Anúncios

Um pensamento sobre “Sarna sarcóptica -o que é?

  1. Pingback: Cebolinha – o resgate | Cantinho Amigo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s